Prefeitura de Várzea Paulista vai acatar a determinação do MP para nova Licitação de co-gestão da Saúde?

Bom... está nas mãos do presidente Bolsonaro a Lei de abuso de autoridade para ser sancionada, certamente um sonho das autoridades que escrevem as leis que os protegem, e que deve proteger também a pessoas de modo geral, dos abusos das autoridades policiais, judiciais e outras. Claro, será um marco no histórico da justiça, e deve ser fiscalizada em como será aplicada se sancionada e publicada no Diário Oficial da União. 

Aqui em Várzea Paulista há apreensão quanto à co-gestão da Saúde, uma vez que o Ministério Público determinou prazo para que seja feita nova Licitação: o prazo vence dia 17/08, e uns e outros perguntam se o governo municipal vai cumprir a determinação do MP, ou se vai ignorar e tentar renovar o Contrato Emergencial até fim do ano com a Ingex/Vitale? Os vereadores também fariam "vista grossa" se isso acontecer? Pelo sim pelo não, seria um abuso da autoridade municipal não cumprir a determinação do MP? Oremos?