"Quem vai convencer os governadores é o povo"

Então... ontem, ao sair, o presidente Bolsonaro comentou na frente do Palácio do Alvorada: "Quem vai convencer os governadores é o povo. Está havendo manifestações por aí. No momento, o clima é de pânico. Com tempo, o pessoal vai tomando consciência de que o problema está aí, como outras doenças existem, e nós temos de enfrentá-lo." Disse também queo fim gradativo do isolamento social é o objetivo do novo ministro da Saúde: "A decisão dessa forma de agir foi dos governadores e dos prefeitos. Mas agora, no Ministério da Saúde, esse é o nosso objetivo. O Brasil não tem como manter isso por muito tempo. Chegamos, ao meu entender, no limite." Claro, os governadores e prefeitos certamente serão responsabilizados pela população. Os "pseudo-heróis" tem vida curta como "pavão". Os heróis são forjados na adversidade, onde não há lugar para "oportunismo". O próprio Mandetta disse na coletiva de despedida da imprensa: "O século 21 começa agora. Nós estamos começando o século 21". E mais... das redes de TV, segundo o site O Antagonista, o SBT e a Band fizeram as maiores coberturas do pronunciamento nesta quinta-feira, para desgosto da Rede Globo, claro. Mereceu? Pelo sim pelo não, vamos que vamos... Oremos!