A INVEJA PROFISSIONAL

15/12/2017 08:10

   Por Antônio Alves dos Santos

   Fonte: https://www.administradores.com.br/artigos/negocios/o-que-fazer-para-combater-a-inveja-profissional/43587/

Resultado de imagem para inveja

  A inveja é um mal que enfrentamos no nosso dia-a-dia e em todos os lugares, mesmo na nossa vida pessoal, com determinados parentes e amigos, e principalmente no ambiente de trabalho com os chamados "colegas de trabalhos", no qual somos obrigados a conviver por questão de sobrevivência e permanência dos empregos. Cito um exemplo real entre tantos outros de inveja: Um amigo comentou como está indo no seu novo trabalho: "Após o término das suas funções e até para não ficar parado, ele está aprendendo outro serviço que é a de soldador. Outros funcionários mais antigos estão achando ruim a sua atitude, porém não fazem nada para melhorar. Isso não deixa de ser uma inveja pelo interesse em aprender algo mais, fato esse que outros não desejam e ao mesmo tempo não gostam". Quem de nós na vida profissional nunca passou ou está passando por algo semelhante devido a "Inveja nossa de cada dia"?

Resultado de imagem para inveja

  Na minha opinião a falsidade; que é uma característica de não ser verdadeiro, e a inveja andam de mãos dadas conosco durante as vinte e quatro horas por dia, durante todos os dias do ano.

  A Inveja é um sentimento de aversão ao que o outro tem e a própria pessoa não tem. Este sentimento gera o desejo de ter exatamente o que a outra pessoa tem (pode ser tanto coisas materias como qualidades inerentes ao ser)e de tirar essa mesma coisa da pessoa, fazendo com que ela fique sem. É um sentimento gerado pelo egocentrismo e pela soberba de querer ser maior e melhor que todos, não podendo suportar que outrem seja melhor.A origem latina da palavra inveja é "invidere" que significa "não ver". 

Resultado de imagem para cobiça

Com o tempo essa definição foi perdendo o sentido e começado a ser usado ao lado da palavra cobiça, que culminou, então, no sentido que temos hoje. Os indivíduos disputam poder, riquezas e status, aqueles que possuem tais atributos sofrem do sentimento da inveja alheia dos que não possuem, que almejariam ter tais atributos. Isso em psicologia é denominado formação reativa: que é um mecanismo de defesa dos mais "fracos" contra os mais "fortes".A inveja é originária desde tempos antigos, escritos em textos, que foi acentuado no capitalismo e no darwinismo social, na auto-preservação e auto-afirmação, a inveja seria, popularmente falando, a arma dos "incompetentes".Numa outra perspectiva, a inveja também pode ser definida como uma vontade frustrada de possuir os atributos ou qualidades de um outro ser, pois aquele que deseja tais virtudes é incapaz de alcançá-la, seja pela incompetência e limitação física, seja pela intelectual.

Resultado de imagem para inveja

  A inveja no trabalho
  De segunda a sexta-feira, nós passamos 80% do tempo em que estamos acordados, convivendo com um grupo heterogêneo, que chamamos genericamente de o pessoal lá da empresa. Se o mundo fosse perfeito, nós teríamos escolhido essas pessoas. Só trabalharíamos com aquelas com quem tivéssemos total afinidade.Mas o mundo não é perfeito. O primeiro critério das empresas na hora de contratar pessoas, nunca foi e nunca será a simpatia delas. A empresa contrata os melhores profissionais, e o resultado é que temos que conviver, durante a maior parte do nosso dia, com gente diferente de nós. Não apenas não temos afinidade com muitas dessas pessoas, como algumas delas se acham melhores do que nós. Como não é novidade para ninguém, o ambiente nas empresas está cada vez mais competitivo.

Resultado de imagem para inveja no trabalho

  Por um lado, isso é bom para quem for bom. Por outro lado, pode gerar atritos. Aquele colega que não apreciamos muito, não está só querendo mostrar que é melhor que nós. Ele quer ser o nosso chefe. Se a empresa estabelece regras claras para que a competição fique dentro do nível ético, os melhores profissionais irão se sobressair. Mas, se a empresa não toma essa providência, algumas figuras detestáveis emergem rapidamente. E uma delas é o invejoso. Aquele empregado que dá a impressão de estar sendo pago pela empresa apenas para criticar os colegas que se mostram mais eficientes do que ele. A única maneira de lidar com pessoas assim é ignorando a existência delas, não dando a elas mais munição. Basta lembrar dos apelidos escatológicos da nossa infância: reclamou, o apelido pega; levou numa boa, o apelido some. A inveja é a mesma coisa. Ela só floresce quando recebe atenção. O invejoso não tem raiva de quem ele critica. Ele tem raiva dele mesmo, por não poder ser igual a quem ele critica. De certa maneira, a inveja no trabalho é a forma mais doentia de elogio. E é por esse prisma que o invejoso deve ser visto. Enquanto os invejados irão progredir, o invejoso ficará para trás, parado no tempo, sempre criticando aqueles que reúnem condições de chegar onde ele sabe que não conseguirá chegar.

  Contra a inveja, autocontrole e dedicação são as melhores armas"

  "Estou enfurecida e injuriada", escreve uma ouvinte enfurecida e injuriada. "Tenho uma colega de trabalho que é invejosa. Ela fica falando mal de mim pelas costas, tentando denegrir a minha imagem. Se você estivesse em meu lugar, o que você faria?" Se eu estivesse em seu lugar, eu pensaria: Oh céus! Com tanta coisa que um ser humano poderia fazer para ocupar melhor o tempo e o cérebro, como por exemplo, entender a importância da camada de ozônio para a sobrevivência do planeta, ou promover uma passeata de protesto contra os escândalos do Senado, ou trabalhar como voluntária numa campanha de vacinação, por que essa pessoa foi escolher justamente a mim para atormentar? Que mal eu fiz para merecer tamanho desatino?Em seguida, eu passaria um bom tempo conjeturando uma longa série de soluções impraticáveis, dentre elas, estrangulamento e atropelamento.

Imagem relacionada

  Finalmente, ao perceber que minha raiva está aumentando e o problema não está diminuindo, eu pensaria: Por que essa pessoa tem inveja de mim? Por que com tantos colegas mais invejáveis para invejar, ela apontou as baterias justamente contra mim? Foi alguma coisa que eu disse? Terá sido alguma atitude que tomei? E eu concluiria, com meus botões e meus zíperes, que não. É mesmo uma inveja gratuita e desprovida de qualquer sentido. Logo, estou incomodando porque estou fazendo alguma coisa producente, que esta minha colega gostaria de fazer, mas não sabe ou não pode. Portanto, eu não tenho um problema em ser invejada. Ela é que tem um problema em me invejar. Aí, eu tomaria calmamente uma xícara de café, olharia para essa colega e pensaria: Coitadinha, tão jovem e já tão atormentada. E pior, já incorrendo ostensivamente no pecado capital número 6. E por fim, eu visualizaria essa pessoa daqui a 20 anos, sozinha, sem amor e sem ninguém que a console nos momentos de aflição. Enquanto eu, que sou uma pessoa que todos apreciam, estarei curtindo a minha vida em paz. Findo este reconfortante exercício de futurologia, eu voltaria a exercitar o meu autocontrole e a me dedicar apenas a meu trabalho. Porque, noves fora, é para isso que a empresa está me pagando.

 Se esses fatos  são coincidências reais  com você, é sinal que fazem parte da sua realidade no seu dia-a -dia. Com já fez e continua fazendo da minha também.

  "Inveja é o ódio da felicidade alheia, ou dor que se sente no coração por causa do sucesso alheio." (Albertano da Brescia)

 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP