A PREFEITURA DE VÁRZEA PAULISTA E A FARSA DE NÃO COMPRAR FÉRIAS DOS FUNCIONÁRIOS

26/07/2018 08:15

Há muitos e muitos anos atrás ouvia meus avós dizerem que "a palavra de um homem vale mais que qualquer papel assinado"... mas isso foi, como disse, há muitos e muitos anos atrás, porque hoje a palavra de um homem é apenas uma palavra e nada mais... Porque estou dizendo isso?

Bem, no início do ano o gestor de comunicação David Alexandre (cuja gestão funciona muito mal por sinal), disse que seria impossível o prefeito Juvenal Rossi autorizar o governo comprar 10 dias de férias dos servidores, pois a prefeitura estava sem dinheiro, principalmente da área da educação...

Aí é que está, que valor tiveram as palavras do sr. gestor e do prefeito? Nenhuma né... principalmente as palavras do sr David Alexandre, que anunciou ser impossível a compra dos 10 dias de férias, que são previstos em lei no Estatuto dos Servidores, mas que foi um dos primeiros a terem suas férias compradas pelo Juvenal Rossi...

Como assim?? Ele mesmo disse que o prefeito não tinha dinheiro, mas teve suas férias compradas???

Com que dinheiro então o prefeito pagou os 3.000,00 referentes aos 10 dias vendidos pelo David à prefeitura?

Suas palavras também não valeram de nada para o gestor Carlos Teixeira, ou Calico, e para seu apadrinhado que trabalha com ele na mesma secretaria, o comissionado João Paulo, que foi candidato a vereador pelo PSDB, nas eleições passadas.

É muito mais fácil e mais barato para o prefeito comprar as férias de 14 ou 15 secretários que ganham em torno de R$10.000,00, e de alguns comissionados, do que dos demais servidores que não chegam a R$ 2.000,00?

É esse o governo da honestidade, da sinceridade, da transparência que tanto adoram falar em alto e bom som??

É esse o governo dos homens que honram com suas palavras??

Se está na lei que todos os servidores tem os mesmos direitos, porque tratar com essa desigualdade ?

Será que os gestores e seus apadrinhados trabalham mais que os professores, pedreiros, motoristas, profissionais da limpeza, etc.. Será que eles pensam que seus cargos são mais dignos que os outros??

Será que conseguem por a cabeça no travesseiro e dormir de consciência tranquila?

Ahhh, claro que conseguem afinal quem se importa em ter sua consciência tranquila se seus bolsos estiverem cheios de dinheiro... E depois é só pegarem e colocarem uma bíblia debaixo do braço e se fazerem de santos dando a paz de Deus, a mesma paz que eles tiram dos demais servidores quando tratam com descaso o direito em comum que todos têm perante a Lei...

Será que as palavras do David Alexandre e do Juvenal Rossi valem mais que as Leis??

Várzea Paulista tornou-se a cidade onde cada um faz suas “leis” segundo suas vontades, e os demais literalmente que se danem...

Em uma cidade onde o prefeito responde por vários processos por improbidade administrativa, superfaturamento, é investigado por fraudes na Saúde, fraudes no cemitério, sumiço de dinheiro da venda de 5 terrenos, fraudes na merenda escolar,  imbróglio na área de onde deveria estar funcionando o shopping, usar o secretário de comunicação para dar um comunicado, no mínimo mentiroso, não é nada... depois é só falar que foi um mal entendido, foi falha de comunicação...

Abaixo, os comprovantes dos 10 dias das férias que o governo comprou do sr David Alexandre...

 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP