1013 - TENTANDO INTIMIDAR O BLOG VÁRZEA PAULISTA?

20/08/2018 09:17

  Oras... sempre existiu comentários nos bastidores e opinião pública de que o governo municipal, suspeita-se quem seja, “proíbe” funcionários da prefeitura que apreciam o Blog Várzea Paulista, alguns não gostam, de curtirem ou compartilharem as publicações nas redes sociais. Bom, dizer que isso é lamentável é ser tolerante com quem estiver patrulhando tudo o que se comenta e/ou se critica de suas ações e comportamento, ou seja do que eles mesmos fazem às “portas fechadas” e bastidores, e não querem que seja divulgado publicamente. Isso se aplica também aos vereadores, mas sem a força da sutileza própria do executivo, “blindado” por seus assessores e equipe de governo, o que lhe facilita dizer sem nenhum pudor que “não sabia”, como no caso da condenação na Licitação dos DVDs que ele mesmo aprovou a compra.

  Ora, o governo municipal é quem escreve sua própria história, seja boa ou não, e o que o Blog faz é tornar público os acontecimentos e comentários mais importantes que acontecem na política e na cidade, principalmente quanto à gestão municipal, contribuindo para a conscientização dos eleitores e população em geral, como qualquer outro meio de comunicação. Como possível resultado, grupos privados Whatsapp são criados para troca de opiniões, avaliações e criticas da administração municipal. Por outro lado, decorrente de gestores com suposta falta de escrúpulos, está cada dia mais difícil manter escondido debaixo do tapete algumas questões como, por exemplo, a do Cemitério, Bolsa Família, Merenda, Superfaturamentos, “resistência” em entregar parte da documentação das Contas “aprovadas” pelo Conselho Municipal de Saúde para serem auditadas, etc. Com isso, parece ser perfeitamente admissível o que rola de criticas, muitas provocativas e demonizantes, nas trocas de mensagens contra o governo municipal, equipe executiva e vereadores, como no caso dos 6 milhões “perdoados” a uma empresa de serviços e os 50 mil repassados a integrantes da equipe executiva do governo, cujos comentários circula desde o dia 02/08 e aos quais o Blog se referiu no Sinal de Fumaça do dia 04/08.

  Uma questão que está saindo das sombras dos bastidores é que a maior parte das criticas nasce nos grupos Whatsapp a partir de dentro do próprio governo, o que deixa entrever um profundo desgosto dos funcionários públicos, agravado pelo comentário do gestor de comunicação, planejamento e inovação de que a prefeitura não tinha disponibilidade de caixa para comprar 10 dias das férias do servidor, direito esse garantido por lei, mas sendo concedido para ele mesmo, para outro gestor e para comissionado que trabalha com ele, fazendo transbordar a ira mal contida do funcionalismo. A troca frenética de mensagens nos vários grupos alcançou a opinião pública e grande parte da população, que toma conhecimento do se comenta nesses grupos sobre o governo municipal, se conscientizando de como está atuando os representantes que elegeram, principalmente os gestores indicados pelo executivo como, por exemplo, o gestor de comunicação, inovação e tecnologia, que virou “destaque” depois que assumiu a presidência do PSDB.

  Sabe-se que as mensagens nos grupos Whatsapp tem abordagens com supostas denúncias, sátiras, etc.. Por mais que tentem evitar a mesma demonização feita contra o PT nas eleições de 2012, parece agora que isso está acontecendo contra o governo municipal e, provavelmente, até contra quem a promoveu e incentivou para vencer as eleições. É como tomar do próprio veneno. Para que não tenha o mesmo efeito contra eles, o governo municipal teria que estar administrando a cidade melhor que o governo anterior do PT. E, ora, mesmo usando das verbas deixadas para construir o C.E.U., UBS Cruz Alta, Pró-Infância Jd. Itália, Córrego Bertioga, equipamentos hospitalares para instalação da Maternidade (que não foi feito), etc., não impediu as muitas denúncias e Inquéritos Civil por Improbidade Administrativa, condenações por superfaturamento com devolução de dinheiro aos cofres públicos, Rejeição das Contas Municipais pelo Tribunal de Contas, etc..

  Entretanto, existindo “ofendidos” se dispondo fazer Boletim de Ocorrência para “intimidar” quem leva ao conhecimento público o que se especula e comentam nos bastidores, opinião pública, grupos de Whatsapp e em boa parte da população, tanto na política como no governo municipal é, no mínimo, usar peneira para tentar tapar o sol com pseudo-inocência. Acontece que aqui no Brasil estão sempre tentando intimidar e calar a imprensa escrita, falada e digital sem, no entanto, conseguir. Então, tentar intimidar o Blog não é lamentável, é imperdoável... 

* * *

  Errata: O texto foi alterado no parágrafo 3º em 21/08 às 13:56h, após observação de visitante. Diferentemente do que estava na matéria, a insatisfação dos funcionários da prefeitura não é relativo às férias com a metade do 13º salário. É referente à compra de 10 dias de férias do servidor pela prefeitura. 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP