1016 - OS CANDIDATOS SEM TEMPO NA TV E O PODER DA INTERNET

24/08/2018 08:57

   Por Josias de Souza

   Fonte: https://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2018/08/23/em-2018-os-sem-tv-testam-o-poder-da-internet/

  O TSE confirmou o tempo que cada presidenciável terá para vender o seu peixe no horário eleitoral. Escancarou-se o paradoxo: Alckmin, sem voto, dispõe do maior latifúndio eletrônico da temporada: 5 minutos e 32 segundos de propaganda no rádio e na TV. Bolsonaro, primeiro colocado nas pesquisas sem Lula, terá 8 segundos —mal dá para dizer o nome. Nesse mato, quem não tem TV caça com a internet. De acordo com levantamento do Ibope, 70% do eleitorado ainda se informa por meio da TV. Mas a proliferação dos celulares transformou a internet no segundo canal de acesso das pessoas às informações sobre política.

  A exemplo de Bolsonaro, candidatos como Marina (21 segundos) e Ciro (38 segundos) também terão derramar suor nas redes sociais para compensar o nanismo eletrônico. As perguntas que boiam na atmosfera são: A TV ajudará gente sem voto como Alckmin a decolar? A internet será suficiente para impedir a desidratação de gente como Bolsonaro? O embate TV versus celular ganhou em 2018 uma dimensão que não teve em nenhuma outra eleição. O eleitor brasileiro já deu demonstrações de que, com boa propaganda, acredita até em ovo sem casca. Resta saber que peso terá cada meio na difusão das mensagens.

 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP