334 - V.PTA.: A GREVE DO FUNCIONALISMO EM SEU 6º DIA

02/06/2014 08:30

   A greve dos funcionários públicos de Várzea Paulista, que começou dia 26/05, entra hoje no seu 6º dia útil de paralisação, concentrando-se novamente em frente à Portaria da Prefeitura a partir das 08:00h.

   A última proposta do governo foi de R$ 210,00 de Vale Alimentação até dezembro, 1,5 % de aumento e em janeiro optar por manter o Vale ou por mais um reajuste de 4,78 para complementar o repasse da inflação 2013 (6,28%), que foi rejeitada pelos grevistas na sexta-feira, 30/05 - 17:15h.

> Vídeo da avaliação do sindicato dos 5 dias de greve <

   O governo e o sindicato da categoria ainda estão com dificuldades para acertar um acordo quanto às reivindicações do funcionalismo, e quem sai perdendo é a população sem os serviços essenciais das escolas e postos de saúde pública. As escolas poderão repor as aulas, mas o atendimento da saúde pública fica prejudicada com os postos de saúde fechados ou com atendimento precário, sobrecarregando o Hospital da Cidade, como também os demais serviços públicos prestados pelo governo municipal à população.

   Se existir expectativa no governo  em esvaziar a greve, essa estratégia parece não estar funcionando pois a aparente pouca concentração no decorrer do dia não foram reais quando da votação das propostas do governo nas Assembleias na frente da prefeitura, onde a presença maciça recusou todas as propostas apresentadas.

   O governo tem afirmado que não há disponibilidade financeira no orçamento municipal que possa permitir ao menos o reajuste da inflação, mas esse argumento não tem convencido os grevistas, mesmo com a apresentação dos números das contas do governo na semana passada no auditório da câmara legislativa, onde foram tecnicamente demonstradas as dificuldades da administração pública para aplicar o reajuste reivindicado pelo funcionalismo.

  O sindicato está fazendo um esforço intensivo, junto ao grevistas e governo, para se chegar a um acordo satisfatório, mas ambas as partes estão mantendo a “corda esticada” até o momento. De qualquer forma, espera-se que haja logo o acordo que dê fim à greve. 

    A população aguarda... e são eleitores...

 

 

Voltar
Contador de visitas

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP