396 - SEGUNDO TURNO PARA PRESIDENTE: UMA QUESTÃO DE 2 DIAS

03/10/2014 07:11

   Terminou ontem, 02/10, a fala direta dos presidenciáveis aos eleitores, tanto na propaganda gratuita como no debate na TV Globo. Na ultima fala no radio e TV todos os candidatos pediram votos, acenando com promessas de fazer um governo diferente e voltado para os brasileiros, promessas essas já feitas em todas as campanhas anteriores.

   A promessa do “novo” mais contraditório partiu da Dilma, que é governo e fez as mesmas promessas de sempre, e do Aécio, que representa o PSDB que já governou o Brasil por muito tempo. Mas, como fazer o “novo” ou “diferente” com a mesma política de sempre ?

   Marina também não fica atrás pois já foi governo pelo PT e, sendo contraditória ou não, pode provavelmente representar o “novo” dentro da política de sempre, com os mesmos de sempre, mas como irá fazer “diferente” ela não deixou claro em nenhum momento e, óbvio, se complicou a ponto dos eleitores ficarem com dúvidas se é a melhor opção para governar o Brasil.

  Essa campanha mostrou um pouco de tudo, mas mostrou tudo para os que sabem “ver” e “ouvir” o que cada candidato tem a oferecer como governante, em meio às denúncias e acusações de todo tipo.

   Quem melhor usou a arma de desconstrução de imagem foi o PT, seguido do PSDB. Mas isso não é tudo, e não é o que importa. O que importa é como o que for eleito irá governar o país, e isso não ficou claro de nenhum deles, pois o que se viu o tempo todo durante a campanha eleitoral foi a repetição das mesmas velhas fórmulas psicológicas, ou seja: promessas.

   Julia Duailibi publicou hoje em seu Blog no Estadão que os presidenciáveis estão com os nervos à flor da pele para o desfecho de domingo, e que isso ficou evidente no debate de ontem à noite, 02/10, na TV Globo. No seu texto ela escreveu que: “A incerteza a respeito da eleição de domingo deixou os nervos à flor da pele no debate entre os presidenciáveis (...) Diferentemente dos anos anteriores, quando o confronto se dava com um segundo turno quase definido, o encontro de ontem valia pontos na corrida para se manter na próxima etapa da eleição...”  

  O que certamente se tem hoje é a incerteza de quem, Marina ou Aécio, vai para o 2º turno, se houver. Dilma está garantida no 1º e ainda pode vencer. De qualquer forma, as pesquisas mostram que se Dilma conquistar mais uns 4 pontos ela vence no 1º turno, como também Aécio com mais uns 5 pontos pode chegar no 2º turno. Mas isso tudo está no terreno da incerteza e nas mãos dos indecisos, e o que falta é TEMPO para Dilma e para Aécio, e esse tempo termina em 2 dias, e que parece não impedir que Marina dispute o 2º turno... se houver...  Estes 2 dias que sobram antes do dia das eleições, domingo, deverão ser mais tensos para os candidatos, todos eles: presidente, governador, senador e deputado. Dias estes em que os eleitores provavelmente indecisos estarão colocando na balança quais merecem o voto.

   Para quem não assistiu o debate de ontem, o link a seguir mostra a visão particular de Julia Duailibi, de como ela viu o comportamento dos candidatos: 

https://politica.estadao.com.br/blogs/julia-duailibi/blindagem-falha-e-candidatos-se-expoem-em-ultimo-debate/

   

 

 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP