443 - V.PTA.: DESABAFO DE MORADORA DO BAIRRO DO MURSA

11/03/2015 08:23

MATÉRIA CORRIGIDA:   

Pode até parecer insistência, e é para quem se faz de cego, surdo e mudo, mas os problemas crônicos na bairro Gauchinha, que permanecem sem solução sem qualquer atenção do governo municipal, agora também o bairro do Mursa. Ontem o Blog conversou informalmente com o Supervisor da Infra-Estrutura, Flávio Spinucci, que também mora no bairro Gauchinha logo no inicio da estrada de acesso, e ele comentou que o problema é que as maquinas e os equipamentos de manutenção de vias públicas estão quebrados, com problemas de conserto, peças, etc., mas que já "arrumaram" uma forma de dar um jeito nas ruas de terra do bairro do Mursa, e que está só esperando o tempo ficar firme para trabalharem por lá e que, por enquanto, está cascalhando uma área com maior problema. A iluminação pública na entrada do bairro Gauchinha, segundo ele, já foi resolvido e, comentou também que já conversou com o morador Valdir da rua 2 há uns dias atrás, informando que vai dar atenção ao bairro. Ele deve se candidatar a vereador em 2016.

   Independente se o governo vai ou não dar atenção ao bairro do Mursa, talvez ninguém por lá acredita, uma moradora enviou ao Blog um email extenso comentando o que sentem os moradores do bairro, publicado ontem nas redes sociais, e que reproduzimos aqui na integra:

   "PEÇO LICENÇA A CADA UM DE VOCÊS PARA DEIXAR MINHA INDIGNAÇÃO AO PODER PUBLICO MUNICIPAL DA CIDADE VÁRZEA PAULISTA E PRINCIPALMENTE VENHO AQUI PARA AGRADECER AOS HOMENS MORADORES DAQUELE LINDO LUGAR, QUE PRONTAMENTE NÓS AJUDARAM NA DATA DE ONTEM (09/03/2015) E QUE HOJE AS 7h00min, JÁ ESTAVAM DE PRONTIDÃO PARA NOS AJUDAR A SAIR DO LOCAL. GENTILEZA GERA GENTILEZA.

   MEU MUITO OBRIGADA A TODOS VOCÊS...

   Para quem não sabe, sou moradora da região do Bairro do Mursa, local abençoado por vasta vegetação da mata atlântica, com uma riqueza na produção de água, o que poucos sabem, pois cerca de 15% da água usada na cidade é do morro do Mursa, dados estes informados pela própria prefeitura local e disponibilizados no site do Eco Mursa.

   Entretanto, a Prefeitura age com total descaso com o bairro, o que é plausível, não é mesmo, pois porque o partido VERDE se interessaria pela única área de fauna e flora da Cidade???

   Alias a prefeitura está agindo com total descaso com a cidade toda, uma vez que os cidadãos de bem, que paga seus impostos, sequer são ouvido com dignidade pelos membros de nossa prefeitura, o que é inadmissível. Pedidos banais, como "passar uma maquina em determinada estrada", "cortar o mato de uma via publica", "tapar buracos nas vias publicas da cidade", entre tantos outros, se tornam verdadeiros tormentos a população.

   Há cerca de 2 anos, os moradores do Mursa almejando melhorias, ou melhor buscando ter o minimo de condições de se locomover da casa para o trabalho e vise e versa, buscou ajuda da Prefeitura Municipal de Várzea Paulista para arrumar a estrada (de terra) do local, pois estava intransitável, a resposta veio rápida “não temos material e estamos trabalhando no limite de mão de obra e maquinário”, pois bem, nos moradores em comum acordo, resolveram custear o material e solicitamos ao menos o maquinário e a mão de obra, o que com muito custo foi deferido pelo departamento de infraestrutura da Prefeitura de Várzea.

   Ocorre que, quase dois anos se passaram, e novamente o bairro do Mursa foi esquecido pelo Ente Estatal, que nada fez e nada faz no local, o descaso é total.

   Ontem, eu moradora do Mursa a mais de 14 anos, e alguns moradores de mais de 20 anos de Mursa, passamos por uma situação caótica, pois a estrada estava intransitável, já havíamos comunicadotal situação ao Ente Público, pois há muito tempo “não desviávamos mais de buracos, mais sim desviávamos do que sobrou da rua", os carros estão em “cacarecos”, pois não há engenharia que aguente tal infraestrutura local e ai como se não bastasse veio a tão sonhada e abençoada chuva (e que venha mais, pois precisamos e não pretendo morrer de sede), só que nós que estamos abandonados no Bairro do Mursa, tivemos nosso DIREITO DE IR E VIR, TOTALMENTE INTERROMPIDO” (A liberdade de locomoção é um direito fundamental de primeira geração que se goza em defesa da arbitrariedade do Estado no direito de ingressar, sair, permanecer e se locomover no território brasileiro. Este direito encontra-se acolhido no art. 5, XV, CF), o caos se instalou de tal forma que o melhor remédio era rir para não chorar. Idosos, mães com bebes de colo, mulheres, todos atolados e atolados mesmos, não só o carro, como nós moradores, uma vez que era impossível permanecer de pé.

   Sabe como saímos desta caótica situação? Graças a Deus solidariedade ainda existe e pessoas do bem também e foi assim que cada um conseguiu chegar em sua residência após um longo dia de trabalho e estudo, todos cobertos de lama, e com o semblante de preocupação estampados nos rostos, “pois como seria amanhã para ir trabalhar e estudar?”

   Hoje 10 de março de 2015, um dos moradores mais antigos do Mursa, buscou ajuda da prefeitura e ao ser recebido, foi novamente informado que “NÃO TEMOS MÃO DE OBRA, NÃO TEMOS MATERIAL, NÃO TEMOS MAQUINÁRIOS, TEMOS OUTRAS PRIORIDADES, PORTANTO FAÇAM O QUE QUISEREM, POIS NÃO VAMOS ATÉ O LOCAL”, então foi requerido pelo menos dois caminhões de cascalho para que os moradores pudessem espalhar na estrada com enxadas, isso mesmo, COM ENXADAS, e sabe qual foi à resposta “NÃO, JÁ DISSE FAÇAM O QUE QUISEREM, NÃO TEMOS O QUE FAZER”.

   Olha que maravilha meus caros amigos e moradores da cidade de Várzea Paulista, nos moradores do Mursa e sei bem que de muitos outros Bairros, como Gaúchinha, por exemplo, estamos em êxtase com nosso Excelentíssimo poder publico da cidade de Várzea Paulista.

   Por fim, sabem qual o final desta historia? Mais uma vez, nós moradores do Mursa, vamos nos reunir para novamente comprar caminhões de cascalho para arrumar a estrada do Mursa , serviço este que será feio de forma totalmente braçal, ou seja, na enxada pelos nossos queridos moradores.

   Pois é, mais uma vergonha para nosso município, será que um dia vai progredir?????? Fica a pergunta...

   Deixo aqui minha indignação, bem como quero esclarecer que não apoio de nenhum partido político, busco somente o que é meu de Direito e certamente estarei tomando minhas providencias, seja ela como for, primeiro vamos resolver nosso direito de ir e vir (nem que seja na enxada), depois vamos aos meios de comunicações e por fim provocarei o MP que atua como fiscal da Lei, para adentrar com as medidas cabíveis no poder judiciário."

   Bom, e então sr. prefeito, o que ainda falta ser feito para chamar sua atenção para dar REALMENTE atenção aos bairros Gauchinha e Mursa ? Ou os votos dos moradores não são importantes e não interessam em caso de releição ? Nem vereador aparece por lá, mas... quem sabe apareçam agora não é ?

 

 

 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP