459 - A POLÍTICA E OS POLÍTICOS

15/05/2015 08:50

   Opinião muito interessante, recebida via email, de um eleitor aqui de Várzea Paulista:
   Infelizmente, os políticos e a política partidária estão muito longe do povo. Tentem imaginar como seria se os escândalos discutidos em Brasília estivessem mais próximos dos grandes centros, não somente pelo lado geográfico, mas, principalmente, de nosso cotidiano.
   É comum o eleitor não se lembrar de quem votou para deputados, senadores e vereadores, se preocupando somente com o voto para prefeito, governador e presidente. Você lembra em quem votou para vereador, deputados e senadores?
   Não se lembra ? Não fique envergonhado, é o mais normal. Agora, se lembrar, gostaria de saber quantas vezes já entrou em contato com o vereador, deputados e senador, seja por carta, email, telefone ou até pessoalmente?
   Portanto, para todos os casos, o primeiro passo para que façamos uma boa escolha é nos aproximarmos daqueles com os quais temos mais afinidade. Os partidos deveriam ser um primeiro passo, contudo, ainda não existem mentalidade partidária no Brasil, então, devemos conhecer as pessoas.
   Um ditado popular equivocado é que política, futebol e religião não se discutem. Não concordo com essa afirmação, temos sim que discutir, temos que refletir minuciosamente sobre o que devemos fazer para termos uma melhor qualidade de vida e sermos felizes. Não precisamos nos agredir, sob qualquer forma, isso não.
   Expor nossas ideias e, sobretudo, ouvir as dos outros, refletindo e discutindo os pontos discordantes, podem levar a um consenso produtivo, um aperfeiçoamento de nossos pensamentos.
   Desta forma, nossa primeira escolha são os vereadores e o prefeito, que sempre estão mais próximos de nossa realidade. Serão eleitos para cuidarem de nossa cidade, sendo os responsáveis pelo saneamento básico, manutenções de ruas, avenidas, praças e jardins, do trânsito, da educação e da saúde.
   Os vereadores são os que deveriam estar sempre mais próximo da população e com o acesso facilitado, então, tem que além de serem cidadãos confiáveis, deverão estar preparados para atuarem no segmento político e conhecedores dos mecanismos operantes.
   Já o prefeito tem que ser pessoal confiável, conhecedor dos problemas a serem enfrentados, possuir a capacidade de apresentação de soluções viáveis e que possa contar com assessoramento técnico qualificado e habilitado para realizar a gestão com eficiência e respeito aos anseios “todos” os cidadãos de sua cidade.
   E você, sendo eleitor, não deve ficar de braços cruzados esperando as coisas acontecerem. Envolva-se no processo político, participe, dê suas opiniões, faça suas críticas, antes, durante e depois das eleições. Faça valer a pena a procuração que dará aos candidatos.   

E aí, vai ficar de braços cruzados?

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP