546 - PREFEITURA, CPFL, GAUCHINHA E RADIO DIFUSORA

27/01/2016 08:30

  Recebemos o email abaixo:

  “Solicitamos publicar no Blog o email abaixo, que enviamos à rádio Difusora, face ao desagravo dos moradores para com o descaso do governo municipal que tem deixado o bairro sem nenhum atendimento pelos serviços públicos.

  Boa tarde!

  Gostaria de parabenizá-los pelo excelente trabalho realizado por essa Equipe, trazendo todas as manhãs a informação de Jundiaí e Região para as nossas casas através do Rádio. Sou moradora de Várzea Paulista e ouvinte assídua da Difusora. É muito bom começar o dia tomando aquele cafezinho gostoso ouvindo as noticias do dia. Parabéns!

 

  Aproveitando a oportunidade, gostaria que vocês dessem um ALÔ para o nosso Prefeito de Várzea Paulista Sr. Juvenal Rossi e para a sua equipe da Infraestrutura e dizer que, os Bairros Chácaras Carvalho e Jardim Gauchinha foram esquecidos por essa Administração. Que estamos cansados com o descaso da Prefeitura em relação à manutenção de nossas ruas (que são de terra) ainda mais quando chove porque ficamos também sem ônibus e cuja concessão é da Rápido Luxo Campinas.  

  Isso tudo sem contar que o Supervisor de Infraestrutura (Flávio Spinucci) mora na entrada do bairro mas, até a sua casa a rua está sempre arrumada. Será que ele não enxerga os problemas do Bairro ou faz de conta que não vê?  A Prefeitura alega que a máquina está quebrada, que não tem dinheiro, etc.. 

  A promessa de campanha foi asfaltar a Rua Itatiba até o Bar do Zequinha, ponto final do ônibus Gauchinha e parada da linha São Guido (via Gauchinha). Somos gratos por este governo ter trazido água encanada para essa região, porém, saneamento básico é uma obrigação da Prefeitura, sem esquecer das outras necessidades do Bairro, como vem acontecendo desde o início da Administração Pública. Pedimos um pouco de atenção e respeito. 

  Outro problema que estamos enfrentando há muito tempo, é a oscilação e falta de energia constante no nosso Bairro, Chácaras Carvalho. Estou encaminhando o email que enviei para a Ouvidoria da CPFL, hoje (20/01), para pedir providências. Se for possível a Difusora poderia entrar em contato com esse Órgão e verificar porque isso acontece com tanta frequência aqui, já que pagamos tão caro por um serviço de péssima qualidade?

 Desde já agradeço pela atenção e colocamo-nos  (moradores)  à disposição da Equipe da Difusora para maiores esclarecimentos

  Att.

 

  Email à CPFL:

  Prezados Senhores,

  Boa tarde! Estou novamente entrando em contato com esse D. Órgão, tendo em vista a constante oscilação e falta de energia em meu bairro. Isso vem ocorrendo há bastante tempo (anos), causando não só transtorno da falta de energia como também já tive 02 (dois) aparelhos eletrodomésticos queimados: geladeira e, lavadora de roupas recentemente, valores que foram ressarcidos mas primeiro tivemos que fazer o pagamento. Como ia ficar sem geladeira? E os alimentos que estragaram?  Sem contar a iluminação da rua que é péssima, falta manutenção, demora muito tempo para trocar uma simples lâmpada, pondo em risco a segurança das pessoas que moram aqui, já que o Bairro é de Chácaras.

  Ontem chegamos cansados do trabalho por volta das 21 horas e não tinha energia, não sei informar quando foi restabelecido, só sei que quando acordei no meio da madrugada já tinha voltado e pela manhã (hoje dia 20) quando acordei (06:00 horas) nem deu tempo de tomar banho para ir ao trabalho e já acabou novamente, retornando após as 12 horas. E nem choveu. Poxa, em pleno século XXI me vi tomando banho de canequinha e balde, estamos voltando aos primórdios e essa não é a primeira vez e nem só a minha família.  Entrei em contato com a CPFL para informar novamente a falta de energia e com os Órgãos reguladores  ANEEL e ARSESP. Tentei ligar na Ouvidoria, por duas vezes fiquei mais de 10 minutos na linha e não fui atendida, sendo que o tempo máximo de espera é de 1 minuto até o contato com um atendente, o que não ocorreu.

  Solicitei um relatório de indicadores de continuidade do último ano, sem contar os outros, mas também já fiz isso anteriormente (pode consultar ai no seu sistema resposta 1425ICRE/12 - UC 2027921719), isso foi em abril de 2012 e nada mudou até agora. Já chegamos ficar 72 horas sem energia. Estamos cansados de tanto descaso, se o problema é a rede, por que não é trocada? Afinal, o serviço prestado por essa Concessionária não é gratuito, pelo contrário, é caríssimo e merecemos um pouco mais de atenção. 

  Gostaria de saber qual é o prazo para restabelecimento da energia? Podemos ficar tanto tempo assim sem energia? Como isso é ressarcido na conta? 

  Aguardo resposta.

  Att."

 

 Obs.: Pessoal do bairro informou ao Blog que um morador do bairro, que tem empresa de terraplanagem, arrumou parte das ruas Itatiba e Atibaia dias atrás, que ficam em frente à sua propriedade. Comentam ainda que ontem, 26/01, a prefeitura iniciou manutenção na rua Itatiba até o bar do Zequinha (ponto final do ônibus urbano), mas não se sabe se vai ser em todo o bairro. O que todos perceberam, é que isso está acontecendo só agora neste ano eleitoral para o prefeito tentar ser reeleito.

 

 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP