562 - A VELHA E A NOVA POLÍTICA EM VÁRZEA PAULISTA

24/03/2016 10:01

  Avaliando sem maiores pretenções o que se ouve nos bastidores e na opinião pública sobre a política aqui de Varzea Paulista, de "todos" os auto-proclamados pré-candidatos a prefeito, por enquanto apenas 7 deles realmente estão confirmando e trabalhando para disputar as eleições para prefeito. Desses 7, temos 4 da "velha" política e 3 da "nova" política que nunca tiveram cargo como vereador e/ou prefeito eleito, ao contrário dos demais:  

  1- Da "velha" política, temos:  

  - o atual prefeito, Juvenal Rossi, que já foi vereador, e pretende ser reeleito,

  - o ex-prefeito Eduardo que quer voltar a ser prefeito, mas ainda não é o candidato oficial pelo PT

  - o ex-vice-prefeito, suplente de deputado estadual e atual secretário de obras de Jundiaí Jr Aprillanti,

  - e o vereador Luciano que era para disputar as prévias com o ex-prefeito Eduardo, e tentar ser o indicado do PT para candidato a prefeito, mas deixou o partido e se filiou ao PSD para disputar para prefeito conforme tem publicado em sua pagina no Facebook.

  2 - Da "nova" política, temos:

  - Osmar Donizete, que já disputou como vice do PSDB em 2012,

  - Padok, que nunca disputou qualquer mandato eletivo, e

  - Andressa Correa, que também nunca disputou cargo eletivo.

  No caso do ítem 1 acima, o da "velha" política, todos os envolvidos são muito bem conhecidos do eleitorado, cada qual com sua parcela de impopularidade e rejeição, sendo 2 com as maiores rejeições: o atual prefeito Juvenal Rossi e o ex-prefeito Eduardo T. Pereira. Nesta mesma política temos o secretário de obras de Jundiaí, Jr. Aprillanti, cujo histórico tem um paralelo com o do atual prefeito. Um sendo vereador no passado (Juvenal) e o outro sendo vice-prefeito pelo PT (jr Aprillanti), mas que amargou baixo indice de votação para prefeito na eleição de 2012, e o vereador Luciano do PT neste seu 2º mandato, que sonha em ser prefeito e parece determinado nesse sentido.
  Quanto ao ítem 2 acima, o da "nova" política, os 3 pré-candidatos fazem questão de frizar que representam o novo, e que é preciso acabar com a "velha" política praticada aqui na cidade. Nesse ponto os 3 estão afinados, cada qual com sua proposta de mudança e de governo
 - Osmar Donizete tem apresentado seu discurso de forma mais agressiva e contundente, demonstrando o nível de insatisfação que sente pelo acontece na cidade. 
  - Padokpartindo do zero, tem concentrado seus esforços em se tornar conhecido pelo eleitorado, e parece já ter conseguido visibilidade suficiente a ponto de aparentemente chamar a atenção dos adversários. 
  - Andressa Correa entrou no páreo recentemente, e iniciou o trabalho de conseguir visibilidade com o Abaixo Assinado para cancelar os loteamentos da região do Mursa, e para tanto conta com apoios importantes do empresariado da cidade e do dr. Damásio Sena, presidente da Fupesp.
  Os pré-candidatos da "nova" política não se envolvem com a "velha" política, e a "velha" aparentemente não tem se envolvido com a "nova"... pelo menos por enquanto. Claro, muita água ainda vai passar por baixo da ponte, e o que hoje é visto de um jeito amanhã certamente será visto de outro.
  De todos os 7 pré-candidatos citados, o que parece ter mais a perder, e tem quem garante que já perdeu muito e vai perder ainda mais, é o atual prefeito, que tem sido alvo de muitas e constantes reclamações da população, principalmente pela falta de uma equipe executiva competente, falta de medicamentos nas UBS, buracos nas vias públicas, um viaduto que mal começou na Ponte Seca, Maternidade que não vai ser feita, casas populares que está ficando só na promessa, a provável liberação dos loteamentos da região do Mursa que ainda é a única e última reserva ecológica da cidade, entre muitas outras circulando na opinião pública e nos bastidores.
  Em meio à algumas indefinições no quadro político de hoje da "velha" política, experts recomendam aos eleitores prestarem MUITA atenção nos pré-candidatos da "nova" política, pois não deixa de ser uma opção viável na hora de escolher o seu candidato a prefeito. Convém também avaliar muito bem os pré-candidatos a vereador, tanto na "velha" como na "nova" política, para que a escolha do candidato a seja a mais acertada e confiável possível...
  Se a "nova" política, com os 3 pré-candidatos vai ser a solução para mudança que todos desejam é uma incógnita, enquanto a "velha" política é conhecida pelas promessas feitas, pelo que fez e pelo que não fez pela cidade, onde 1 já foi prefeito, 1 é prefeito e 2 deles, Jr. Aprillanti e Luciano PARTICIPARAM do governo do PT sem o poder do executivo...
 
 
Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP