574 - V.PTA.: OS ATUAIS VEREADORES E REELEIÇÃO - Parte 2

29/04/2016 08:11

 

  Na Parte 1 desta Opinião abordamos sobre os vereadores Mauro, Demércio, Ivan e Claudemir. Vejamos os demais nesta parte 2, final:

 

  - Vereadora Valdilene - PDT: Foi a única a aprovar só com seu voto uma Lei na câmara municipal, a do Pregão eletrônico, sem produzir nada mais significativo a favor da população e/ou da cidade. Sempre defendeu e votou com o governo. Também mudou de partido saindo do PV. Em face ao processo na justiça contra o marido e o prefeito por NEPOTISMO, que a inclui, pode estar com sua reeleição comprometida. Não é certo que consiga ser reeleita, independente da decisão judicial.

 

  - Vereadora Sueli – PV: É considerada somente mais uma coadjuvante na casa de leis, não produzindo nada representativo para a população e/ou para a cidade. Também mudou de partido saindo do PT, se filiou ao Rede Sustentabilidade e depois no PV. Também passou a votar com o governo depois que saiu do PT. Está no Inquérito Civil movido pelo Ministério Público por dupla filiação, da mesma forma que o vereador Juarez, e pode ter os direitos políticos cassados. Suas chances de se reeleger são mínimas, independente da decisão judicial.

 

  - Vereador Juarez – PDT: Com uma atuação muito discreta é considerado apenas como um coadjuvante no legislativo, não produzindo nada representativo para a população e/ou para a cidade. Também mudou de partido saindo do PT, se filiou ao Rede Sustentabilidade e depois no PDT.  Após sair do PT passou a votar com o governo. Da mesma forma que a vereadora Sueli, está no Inquérito Civil movido pelo Ministério Público por dupla filiação, e pode ter os direitos políticos cassados. Suas chances de reeleição são mínimas, independente da decisão judicial.

 

  - Vereador J.Ramiro – PV: Com uma atuação controversa por suas posturas e discursos em defesa do governo, é considerado apenas mais um coadjuvante no legislativo, não produzindo nada significativo para a população e/ou para a cidade. Seu nome esteve envolvido em algumas questões complicadas, como por exemplo no caso da rua que ia ser asfaltada e foi embargada. Também mudou de partido saindo do PRTB. Tem votado com o governo. O Ministério Público está movendo Inquérito Civil contra ele por apropriação ilegal de terra no Mursa, e com isso deve perder o mandato e ter cassado os direitos políticos por improbidade. Suas chances de reeleição são praticamente mínimas, independente da decisão judicial.

 

  - Vereador Silso – PRB: Com uma atuação insatisfatória como líder do governo no início do mandato foi substituído pelo vereador Silas. É considerado apenas mais um coadjuvante no legislativo que vota com o governo, sem ter produzido nada representativo para a população e/ou para a cidade. Esteve com seu nome envolvido nas questões controversas do campo de futebol amador do Jd Diana e em agressão à mulher. Permanece no partido. O Ministério Público também está movendo Inquérito Civil contra ele por apropriação ilegal de terras, e com isso deve perder o mandato e direitos políticos por improbidade. Suas chances de reeleição está duvidosa, independente da decisão judicial.

 

  - Vereador Silas – PSC: É o líder do governo e é tida como satisfatória a sua atuação a favor da administração municipal. É considerado político experiente como vereador, mas neste mandato não produziu nada representativo para a população e/ou para a cidade. No mandato anterior, que terminou em 2012, conduziu a aprovação dos Projetos de Lei que permite loteamentos na área de Preservação Ambiental no bairro do Mursa e o aumento de mais de 60% do salários dos vereadores, ambos em sessões controversas. Também mudou de partido saindo do PTB. O Ministério Público também está movendo Inquérito Civil contra ele por apropriação ilegal de terras, e pode ser condenado. Foi condenado recentemente pelo TSE por compra de votos em 2012 e é para estar com seus direitos políticos suspenso. Se tentar a reeleição, o que é improvável, poderá ser impugnado. Não deve tentar a reeleição, independente da decisão judicial.

 

  - Vereador Luciano – PSD: Segundo ele, este seu atual mandato como vereador é o último. Vai se candidatar a prefeito e é considerado um vereador ambicioso, mas neste mandato não produziu nada representativo para a população e/ou para a cidade, exceto Projetos de Lei sem efeitos práticos como, por exemplo, a colocação de placa com o telefone da Artesp nos pontos de onibus para que os passageiros ligarem na Artesp e apresentarem denuncias sobre o transporte público. Conseguiu, também, que fosse aprovado um adendo na Licitação do Transporte Público, de forma que aumento da tarifa de ônibus acima da inflação teria que ser aprovado pela câmara. Essa impropriedade fez com que o Tribunal de Contas do Estado rejeitasse a Licitação para que fosse refeita sem o adendo por ser inconstitucional. Também saiu do PT para ter a oportunidade de disputar para prefeito no PSD, uma vez que seu projeto de ser candidato a prefeito pelo PT ficou inviável com a participação do ex-prefeito Eduardo no partido. O Ministério Público também está movendo Inquérito Civil contra ele sobre a questão dos uniformes escolares quando foi secretário da educação, e é outro que pode estar correndo risco de perder o mandato e direitos políticos por improbidade. Suas chances para se eleger como prefeito são bem pequenas mas, como qualquer outro pré-candidato, está trabalhando e acreditando que consegue se eleger. Uma parte dos bastidores comentam que ele quer ser vice do pré-candidato Jr. Aprillanti do PSB.

 

  Ora, se considerar que somente 2 vereadores tem boas chances de reeleição, Mauro e Demércio, então poderá acontecer de sobrar 9 vagas para novos vereadores nestas eleições. Dessas 9, as vagas dos vereadores Silas e Luciano são consideradas disponíveis. Sobram 7, mas tem 5 envolvidos em Inquéritos Civil que podem torná-los inelegíveis, e tem outros 2, o vereador Ivan com chances razoáveis e o vereador Claudemir com aceitação precária no eleitorado e pouca chance de se reeleger.

  Bom, sabe-se na opinião pública que os eleitores querem RENOVAÇÃO dos vereadores na câmara municipal, inclusive do prefeito no governo, elegendo outros representantes que realmente se importam com a população e com a cidade, certamente para a alegria dos muitos pré-candidatos que querem entrar...

***

  NOTA: As informações acima são apenas compilação informal dos comentários correntes nos bastidores, opinião pública e eleitores desde 2013, não representando a opinião formal do Blog.

 

 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP