621 - V.PTA.: POUPATEMPO DA SAUDE, SENDO USADO COMO PROPAGANDA ELEITORAL? – Parte 2

15/07/2016 09:17

  Voltemos à campanha eleitoral 2012... O que pode parecer suspeito hoje é o atual prefeito ter prometido o Poupatempo da Saúde em 2012, venceu as eleições e depois de 3 anos e 6 meses de mandato inaugura a UPA, também projeto e convênio do governo anterior do PT, transferindo toda a equipe do hospital para a UPA, e em seguida:

  a) “fecha” o hospital para reformar como o futuro Poupatempo da Saúde

  b) depois diz que o hospital está funcionando e a entrada é pela UPA, 

  c) depois mostra fotos no Facebook iniciando a reforma, 

  d) finalmente, coloca várias faixas e placas na frente do que "era" o hospital...

  Ora, TODOS sabem, e a própria secretária de saúde confirmou ao Blog que, ficando pronta a reforma do que "era o hospital", o A.E., Ambulatório de Especialidades da av. Bertioga vai ser transferido com a toda a equipe médica e equipamentos para onde "era" o hospital, ou seja: tirar o A.E. de onde está para colocar onde “era” ou é o hospital, da mesma forma que fez com a UBS Central para a UBS Cruz Alta. E mais, o A.E. deve mudar de nome e passar a ser o Poupatempo da Saúde, que na verdade é o mesmo A.E., sem tirar nem por, e apenas “integrado” à UPA. É como todos estão entendendo. Isso foi feito em Santo André/SP, e depois voltou a ser o que era e sempre foi.

  Bom, pelo que se observa, essa "manobra" toda, praticamente indisfarcável, está parecendo uma estratégia de certa forma quase maquiavélica, para tentar fazer o eleitorado acreditar que a promessa de fazer o Poupatempo da Saúde está sendo cumprida, na esperança de reverter a grande rejeição do governo apurada nas Enquetes e Pesquisas internas de intenção de votos, e ainda tentar a reeleição. Vai dar certo? Para dar certo o eleitorado precisa continuar acreditando, ou acreditar de novo... mas...

  Entretanto, pode-se estimar ou projetar como o “Quarteirão da Saúde”, “SOS da Saúde”, ou outro nome que resolverem colocar, vai funcionar depois de pronto? Como vai ser? Claro que sim... Usando a imaginação, pode-se prever que pode ser um “sucesso” e que vai atrair a atenção e pacientes de toda a região do aglomerado urbano, congestionando e “sufocando” o atendimento médico de forma muito pior do que já é hoje, e o que era sonho, aparentemente faraônico, pode ser o pesadelo da população aqui de Várzea Paulista. Ainda mais com a recessão que o país atravessa. E mais, a falta de dinheiro nos cofres do governo é real, todo mês a arrecadação municipal praticamente mal consegue pagar as contas, e com o tanto de comissionados contratados. Como manter isso?

  Então, sem ser pessimista ou só critico, seria muito mais coerente se o governo tivesse sido prático, justo, eficaz e políticamente correto nestes 3 anos e 6 meses de mandato, inclusive para garantir a reeleição, claro,  se já tivesse feito o seguinte:

  1 – acabado com a falta medicamentos nas farmácias das UBS, que havia prometido resolver logo que assumisse o governo, mas isso piorou,

  2 – reduzido o tempo de consultas e a fila de espera de exames médicos e laboratoriais,

  3 disponibilizado mais atendimento médico nas UBS,

  4organizado uma UBS na zona norte para funcionar até 21h pelo menos,

  5estendido o funcionamento de algumas UBS até 19h para atender quem trabalha no horário comercial, ou aos sábados até 12h,

  6renovado os equipamentos essenciais das UBS, e reformar as que precisam,

  7 - não ter deixado faltar materiais de insumo nas UBS,

  8 e outras medidas simples, práticas e menos dispendiosas como a UPA...

  E os vereadores para fiscalizar isso? Bom, só Deus sabe o que fizeram no mandato todo, mesmo porque estavam todos muito ocupados com “suas prioridades”, e ainda querem ser reeleitos para continuar fazendo o que fazem, ou não fazem, ganhando R$ 10 mil por mês...

   Outra coisa: é bom que alguém do governo leve em conta que a Justiça Eleitoral possa estar vendo essa movimentação toda como “campanha” eleitoral, e aí pode enterrar de vez as pretenções da equipe de governo se manter no poder ao tentar reeleger o prefeito.

  Ora, temos que o único projeto 100% do atual governo é o viaduto da Ponte Seca que não vai ficar pronto neste mandato. A UBS Cruz Alta, o C.E.U. (era a PEC, só mudou o nome), o Pró-Infância no Jd. Italia e o Córrego Bertioga, foram projetos e convênios conquistados pelo governo anterior do PT. Portanto o Poupatempo da Saúde e a nova promessa do "quarteirão da saúde" já é entendido pelo eleitorado como a mesma promessa de 2012, e que agora tenta de novo usar da mesma estratégia... 

  Em 2012 foi a promessa do Poupatempo da Saúde, e agora vem com a nova promessa do "Quarteirão da Saúde"80 dias antes das eleições 2016... 

 

  ... continua na parte 3 (final)...

 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP