702 - V.PTA.: RETROSPECTIVA DO GOVERNO MUNICIPAL 2013/2016 - Parte 21

31/01/2017 10:09

    GOVERNO MUNICIPAL - VI

    GOVERNO DA RECONSTRUÇÃO: 2015 - I

    ... continuação...

   No 3º ano de mandato, e sem ainda mostrar competência e mudanças esperadas  na administração municipal, o governo do PV entrou na fase de rejeição, mas ainda continuando na fase de aprendizado, apagando “incêndios” nos serviços públicos e caindo na desconfiança do eleitorado pelas notícias de corrupção do governo, particularmente envolvendo a secretaria de educação e implicando inclusive a gestão publica indiretamente. Foi um longo ano, com muitos outros “incêndios”...

  Janeiro parece que foi complicado para governo municipal. Logo no início do mês os funcionários públicos se queixaram que o governo não estava pagando as férias e a opinião pública instigava o governo a responder 14 questões pertinentes à Zoonoses, conforme email recebido pelo Blog e publicado no Opinião 430, mas o governo se manteve em silêncio como sempre, provavelmente por não saber como responder.

Resultado de imagem para vazamento de informações

   Ainda neste mês de janeiro o secretário chefe do gabinete, deixa o cargo e vai comandar a secretaria de desenvolvimento econômico, e o secretario de desenvolvimento econômico deixa o cargo para comandar a chefia do gabinete, em meio à “suspeitas” de vazamentos de informações do gabinete do prefeito, enquanto o  o córrego Bertioga voltava a alagar e ser alvo de criticas dos moradores e opinião pública.

Resultado de imagem para abrigo para animais em varzea paulista

  Antes do final de janeiro foi contratda uma funcionária comissionada para a Zoonoses que, segundo informações, nunca lidou com animais e também logo se  envolveu em uma “história” muito mal contada Escolinha do Rocha, abafada pelo governo, escola essa que, aliás, deveria ser uma espécie de abrigo de animais com "projeto" foi abandonado pelo governo municipal, enquanto o bairro Gauchinha e região reclamava a da falta de atenção do governo nos cuidados das ruas, com os moradores comentando que o governo do PV estava sendo muito pior que o do governo anterior do PT

Resultado de imagem para improbidade administrativa

   Encerrando o mês de janeiro, o prefeito aqui de Várzea Paulista foi acionado pela Justiça em Ação Pública, referente Violação aos Princípios Administrativos, entendido como Improbidade Administrativa, na 1ª Vara do Fórum de Várzea Paulista. O valor da ação foi estipulada em R$ 15.561.930,94, enquanto se comentava nos bastidores que as coisas não estavam nada tranquilas, e que o prefeito estava tendo dores de cabeça para torear os “atritos e interesses de egos entre alguns integrantes “exaltados” ou "contrariados" do grupo executivo.
   Em Fevereiro, o governo foi “surpreendido” no inicio do mês com o corte de energia por falta de pagamento na escola PRÓ INFÂNCIA na avenida Pacaembu no Jd. Paulista, inclusive responsabilizando o governo anterior do PT e a empreiteira que a construiu. 

  Também no inicio do mês, o governo teve mais um “impasse” para resolver, e de novo com a Zoonoses: o prédio do CENTRO DE ZOONOZES  no Jd. Promecaequipado e tudo o mais, ficou pronto, mas a “chefe” e as 2 veterinárias estavam “resistindo” em se mudar para lá, mudança que demorou cerca de 10 dias para acontecer, pouco antes da justiça cancelar o desfile das escolas de samba da cidade, a pedido do Ministério Público e o governo divulgar a intenção de fazer de Várzea Paulista uma “Estância Turística”, conforme publicado no Jornal de Jundiaí.

    Também em fevereiro, o governo foi avaliado no eleitorado e opinião em pesquisa de opinião publica que apontou o prefeito com a pior rejeição desde a fundação da cidade, conforme publicamos no Opinião 436 do Blog. Também teve o “impasse” com o legislativo ao tentar aprovar o Projeto de Lei 01/2015, que foi devolvido ao governo para “correções” e com a exigência da câmara referente ao impacto orçamentário financeiro. Isso foi visto como “trapalhada” pelo opinião pública, conforme publicado no Sinal de Fumaça 2015, dia 19/02.

Resultado de imagem para surto de dengue

   Ainda em fevereiro, enquanto a vereadora do PV posava com agentes da Zoonoses em foto de salvamento de cão em córrego, aumentando as suspeitas do “faz-de-conta” de como a Zoonoses “funciona” que, com a falta de ação efetiva da Zoonoses, o “surto” de dengue” aumentava de forma alarmante na cidade atingindo 2 vereadores, funcionários públicos e população.  


   ... continua...

< parte  20

         parte 22 >

 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP