954 - V.PTA.: A PREFEITURA E SEUS INEXPLICÁVEIS 53% COM SALÁRIOS

17/05/2018 08:33

  Então... o ministro Gilmar Mendes, STF, durante seu voto na sessão que decretou o fim do foro privilegiado para senadores e deputados, disse que 90% dos gastos do judiciário, ineficiente, é para... salários! Ora, mal comparando com o que também acontece aqui em Várzea Paulista, temos que, aqui, a folha de pagamento do funcionalismo está tropeçando nos 53% dos gastos da prefeitura, tecnicamente colado no limite do permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, ou seja: a prefeitura gasta 53% das despesas só para pagar aproximadamente 2.200 funcionários, nem sempre eficientes, coisa de uns 8 a 9 milhões de reais por mês.

  Ora, se a cidade tem cerca de 120 mil habitantes, isso significa que apenas 1,83% de pessoas na cidade, todos funcionários públicos da prefeitura, consomem mais da metade das despesas do governo municipal, e o que sobra, 47%, é para investir na cidade em favor dos 98,17% de munícipes, sem contar com as despesas da câmara municipal. Como pode ser entendido, nos comentários de uns e outros, o governo municipal segue a risca a Cartilha do Faz-de-Conta de Brasília, ou seja: fazem a mesma “coisa” que os políticos de Brasília são experts em fazer.

  Um exemplo disso é o governo manter a UPA com boa aparência, mas por dentro, na internação, o cenário é de deplorável pouco caso e aspecto deprimente nos locais da internação, tal como na Cemeb Erich Becker no Jd América 1 que, depois da denúncia e vídeo nas redes sociais, a infraestrutura “correu” para dar uma “maquiada” na esperança de tentar reverter o desgaste com o descaso da gestão da educação e infraestrutura para com as crianças. Certamente acham que os eleitores esquecem, como acham que o povo deve esquecer o voto de confiança na eleição passada.

  Então sr. prefeito, único responsável por tudo que acontece no governo municipal, acha justo gastar 53% das despesas só com 2.200 funcionários em uma cidade de mais 120 mil habitantes, ou não? Se não acha justo, porque as vias públicas, vielas, escolas, ubs, falta de medicamentos, etc., estão sem investimentos da prefeitura? Ora, não é para isso que são cobrados o IPTU e demais impostos da população e empresários? E mais, “precisa” mesmo “enfeitar” a av. Fernão Dias com vasos de flores, com todo o descaso apontado acima?

  Uns e outros “acham” que o governo municipal sempre preferiu ficar em silêncio nos escândalos que acontece dentro do governo, como no caso do bolsa família, no cemitério, na saúde e na merenda escolar (que todos suspeitam que a educação tem parte nisso, rendendo mais de 30 mil reais para os “intermediários” no governo, segundo comentam uns e outros), e que, portanto, os 53% não deixa também de ser um escândalo por vontade política exclusiva do governo municipal. E mais, fazendo de conta que “tudo está caminhando no rumo certo”.

  Entretanto pergunta-se: o atual governo municipal ainda acredita que ainda consegue enganar os eleitores, e também fazer mais uma “mágica” para tentar emplacar um sucessor? Ora, a “briga” nos bastidores saiu das sombras e está às claras, mas a opinião pública, eleitores e população estão vendo, sabendo e anotando como o governo municipal e os vereadores “funcionam”... ou para que servem...

 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP