981 - A UPA E O FAZ-DE-CONTA NO ATENDIMENTO MÉDICO DE VÁRZEA PAULISTA

20/06/2018 09:07

  Então, a UPA aqui de Várzea Paulista parece que não é o “modelo” de eficiência e competência médica apregoada pela equipe executiva do governo municipal, estando mais para um deprimente modelo “FAZ-DE-CONTA” de pronto atendimento médico do que qualquer outra coisa, segundo muitos uns e outros. Ora, comentários nos bastidores e opinião pública retratam como REALMENTE é esta atual administração pública, que começou em 01/01/2013 e, em 5,5 anos não mostrou nada além de APARÊNCIAS e obras realizadas com verbas aprovisionadas em convênios do governo anterior do PT. Claro, o viaduto da Ponte Seca é único “projeto e obra deste governo”, de autoria própria e que ATÉ HOJE NÃO FOI INAUGURADA.

  Uma postagem no Facebook demonstra como é o “modelo” de atendimento na Upa aqui de Várzea Paulista, cuja ocorrência não é a primeira vez que acontece e certamente não será a última, que já teve caso de paciente ser internado com suspeita de pedra na vesícula, foi tratado como tal, feito ultrassom e nada encontrado, foi medicado com antibiótico e teve alta quando começou a apresentar melhoras. A família do paciente resolveu pagar consulta particular e foi diagnosticado com infecção no fígado e que, segunda a médica, saiu pior do que entrou na UPA. Vejamos a postagem na integra:

  “Olha faz tempo que não venho reclamar da UPA de várzea. Mais o negócio tá feio... Levei minha filha de 7 meses ontem pois estava com febre a 3 dias mais sem nenhum sintoma. Até então o atendimento super rápido. Não fiquei nem meia hora lá. Cheguei lá o médico só olhou a garganta dela e já falou que era infecção de garganta. 
  Até então tudo bem. 
  Ai ele me deu a receita do remédio pra infecção de garganta. Nem me explicou que remédios eram e nem pra que servia. 
  Fui direto na farmácia. Cheguei lá perguntei pro farmacêutico pra que servia aquele monte de remédio. 
  Um era pra dor e febre (Ibuprofeno), Prednisona (que era pra descongestionar o nariz). Sendo que eu falei pro médico que ela não estava com nariz escorrendo e nem tosse. Outro remédio era Histadin (Antialérgico) 
  Agora me diz como vou dar tanto remédio assim pra um bebê de 7 meses que ele mesmo falou que a garganta não tava infeccionada. Só tava vermelha. 
  E outra, passou inalação pra desobstrução nasal. Mais uma vez eu falo ela não está com nariz entupido e bem escorrendo e nem tosse.
  Eu como mãe não acreditei nesse médico da UPA e fui até o HU de Jundiaí. Fiquei quase doze horas lá com minha filha. 
  Chegando lá depois de colher exame de sangue e urina duas vezes pra ter certeza. Foi constatado que ela esta com infecção de urina.
  Uma coisa eu falo, foi cansativo fica quase doze horas no hospital... Foi... Mais pelo menos sai de lá com a certeza do que minha filha tem. 
  Não adianta querer atende os pacientes rápido e não pesquisar a fundo o que realmente está acontecendo ... 
  Tenho certeza que essa receita já fica salva no computador e o médico só cópia o nome da criança, achando que todas tem a mesma coisa.”

  A empresa Vitale, que “administra” a UPA e hospital, em regime de cogestão com a prefeitura, é investigada pela Policia do Estado de S. Paulo por corrupção na Operação Ouro Verde, o Gaeco, que “visitou” a gestão de saúde da prefeitura. Portanto, e certamente, pode ser compreensível o descaso do atendimento médico na UPA de Várzea Paulista, um faz-de-conta indisfarçável, segundo línguas injuriadas pagadoras de impostos...

 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP