990 - VÁRZEA PAULISTA: A “GUERRA SANTA” DO CONSELHEIRO MUNICIPAL DA SAÚDE CONTRA A GESTÃO DA SAÚDE – Parte 1

16/07/2018 07:48

  Como antecipamos no Sinal de Fumaça de sábado p.p., 14/07, parece que um palco de Jihad, ou Guerra Santa, começou a ser montado quando as Contas da Saúde foi “aprovada” pelo COMUS, Conselho Municipal da Saúde, sem que a gestão de Saúde tivesse previamente apresentado aos conselheiros a documentação para análise, que sequer foram apresentados conforme prevê o Estatuto. Com isso, o Conselheiro José Maria dos Anjos, protocolou denúncia ao Ministério Público por suspeita de FRAUDE nas Contas e requisitou formalmente a documentação das Contas “aprovadas” diretamente ao COMUS e à gestão da Saúde para verificações. 

  Com a demora, o Conselheiro reforçou a solicitação, conforme abaixo:

  “Bom dia à todos! Continuo no aguardo do rol de documentos, referente à prestação de contas, solicitados oralmente no dia 28/6 e oficialmente em 06/07. Ressalto da importância do acesso, para análise preliminar. Solicito obséquio de agilizar esse procedimento. Grato.”

  Bom, a gestão de Saúde atendeu o pedido oficialmente, informando que as notas fiscais estariam disponíveis na gestão de Saúde dia 18/07, das 08 às 16h, ficando à disposição da nova Comissão de Orçamento e Fiscalização do Conselho Municipal de Saúde e ao Conselheiro, acompanhados pela gestora responsável Vânia Marques e pela presidente do COMUS, Aparecida Gimenez. A documentação não poderá ser retirada do local.

  Ao receber a notificação, o Conselheiro José Maria fez a seguinte anotação no documento oficial:

  “Informo que estarei levando um profissional de auditoria e um advogado para me assessorar na averiguação de todos os documentos”.

  - Clique aqui para ver a imagem do documen to oficial com as anotações do Conselheiro

  A seguir, o Conselheiro enviou a seguinte mensagem ao Comus e gestão da Saúde:

  “Bom dia! Prezada servidora.

  Gostaria de contar com seu empenho no dia 18/07, para averiguação das contas. Queremos TODOS os materiais (documentos) referentes às contas (hospital/Poupatempo da Saúde e UPA), como também da SMS (Gestão da Saúde). Precisamos dos relatórios e pareceres das comissões, atas de aprovação do COMUS nas plenárias desde janeiro/18, como NFs e contratos referentes. Meu propósito é contribuir para que a gestão seja modelo de transparência e lisura com a coisa pública. Nossos humildes munícipes merecem isso de nossa parte! Estou solicitando tudo com a devida antecedência.”

... continua na parte 2...

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP