AS MUDANÇAS DE NOSSO TEMPO

17/10/2018 09:47

Hoje vemos em tempo real fatos que antes talvez nem saberíamos, pois é fato que o advento da expansão da internet e das mídias tem feito com que pessoas que não teriam chance de aparecer hoje são o maior sucesso.

Temos visto de tudo, pessoas que inoportunamente filmam sem autorização, outras dando vexame, algumas que aproveitam do acontecimento para serem filmadas e aquelas que em todos os momentos fazem vídeos esperando o momento de sua fama. Talvez você não se enquadre em nenhuma dessas, mas o fato é que hoje tudo está diferente, tanto que assistimos mais os vídeos de nossos celulares do que em televisão, e em estudos já dizem que em poucos anos os celulares irão fazer frente a todo tipo de programação.

As mudanças estão tão rápidas que hoje os veículos de comunicação estão precisando se adaptar a esse processo, pois basta ter hoje um bom aparelho de celular, que a pessoa em sua casa já é capaz de fazer todo um programa. E assim, você nem percebe que passa a conviver com pessoas que antes não faziam parte do seu cotidiano, e que hoje você até sente falta se não ver algo sobre ela, mais do que isso, você acaba de uma forma involuntária sendo levada a mudar seus hábitos.

Essas mudanças estão refletidas em tudo que vemos e ouvimos e somos parte dela, percebendo ou não, elas não param mais de acontecer e de influenciar nossas vidas, como pensamos e agimos. Podemos acompanha-las ou ficar fora de tudo que acontece, mas o que tenho observado é que mesmo querendo ficar fora é tão intenso que os outros nos levam de uma forma direta a estarmos conectados a tudo.

Não podemos prever ainda para onde isso nos levará, se para um avanço social ou a falência do conceito individual, como tudo é sempre cíclico no mundo. Nesse ponto não temos referência no passado para tal e vemos que nem os sociólogos, nem os cientistas, conseguem prever em que momento esse excesso de informação pode ser prejudicial à formação de uma nova sociedade.

É sempre bom participarmos sem que sejamos vitimizados pelo hábito ou pelo excesso, é sabermos que tudo que se faz de uma forma impulsiva pode ser muito mais difícil de controlar e o controle de nossas vidas só pertence a nós próprios.

 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP