BLACK FRIDAY NO BRASIL, COMO FOI...?

28/11/2018 10:33

  O que vimos acontecer em nosso País no BLACK FRIDAY foi mais uma vergonha para nós brasileiros que esperamos que um dia as coisas mudem e realmente possa acontecer o que se promete.

  Vejam que todos os anos batemos recordes de reclamações sobre os comércios que tentam de todas as formas aproveitar e chegada da primeira parcela do 13 salário copiando uma promoção de outro país devido ao seu potencial de vendas, porém além da seriedade que tem dos lojistas para com os consumidores, traz também alguns significados nos EUA. O Black Friday tem um princípio muito nebuloso quanto ao seu surgimento, alguns dizem que foi após duas instituições financeiras terem quebrado juntas coincidentemente numa sexta-feira, outro motivo é que os policiais da Filadélfia chamavam de sexta-feira negra após o dia de Ação de Graças devido ao trânsito caótico, que resultava em acidentes e demais problemas, pois era o dia que os comércios tinham um movimento maior que o normal pois os Americanos aproveitavam o feriado prolongado para iniciar as compras de Natal, assim uma multidão de pessoas no trânsito e nos comércios. Assim tantas outras histórias que surgiram, enquanto que aqui no Brasil fazem disso um arranque para as vendas de Natal.

  O que realmente importa é que nos EUA tudo é levado a sério e fazem realmente o que se propõe a fazer, os descontos com alguns produtos chegam até a 70% do preço praticado normalmente, claro que eles procuram oferecer esses descontos em produtos que tenham ficado em seu estoque no decorrer do ano e que precisem ser comercializados para giro, porém os descontos são reais, não há propaganda enganosa, são promoções reais para que os consumidores possam aproveitar esse momento de compras.

  Já no Brasil, alguns comerciantes pouco se importam com a seriedade do dia e sim tentam de alguma forma levar vantagem sobre os consumidores nas vendas, colocando alguns produtos com preço preparados para parecerem baixos, a chamada “maquiagem de descontos”, sem se preocuparem se a população vai reclamar, e constata-se isso com o aumento de mais de 20% de reclamações em relação ao ano de 2017, dessa forma podemos notar que pouco se importam com o desfecho no final da promoção, o que importa realmente é venderem!

  Claro que não são todos os comerciantes que agem desta forma, os que são sérios com a sua empresa e seu público aproveitam esse potencial de vendas para alavancarem suas vendas, divulgarem seus produtos e sua marca, mas os que fazem de forma errada atrapalham e fazem algumas pessoas passarem a não acreditarem que possa haver comerciantes sérios oferecendo bons produtos com descontos reais.

  Vamos acreditar que vão se criar meios para que isso não continue acontecendo por parte das empresas e que todos possam monitorar e selecionar em quais locais serão feitas as compras no próximo ano, que é uma maneira da população punir também, não comprando nos locais onde foram constatadas as irregularidades.

  O Brasil é um país relativamente novo e vamos acreditar que com tudo que está acontecendo essas mudanças venham a ocorrer também no setor comercial, embora saibamos que isso demora um pouco, mas que aconteça, e que possamos ainda rir disso e dizer que foram outros tempos.

 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP