MEIRELLES EMPURRA TEMER PARA O COLO DE ALCKMIN

18/08/2018 10:40

   Por Josias de Souza

   Fonte: https://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2018/08/17/meirelles-empurra-temer-para-o-colo-de-alckmin/

  Henrique Meirelles conviveu durante dois anos com a podridão do governo de Michel Temer. Jamais se queixou. Na campanha presidencial, passou a fazer cara de nojo. Ensaiou um sorriso ao ler na Folha uma entrevista do ex-chefe. Nela, ao comentar a debandada dos partidos governistas para o ninho tucano, Temer declarou: “Se você dissesse: ‘Quem o governo apoia?’. Parece que é o Geraldo Alckmin, né? Os partidos que deram sustentação ao governo, inclusive o PSDB, estão com ele”. Em condições normais, a infidelidade do padrinho deixaria Meirelles furioso. Mas a radioatividade de Temer derreteu a animosidade do ex-ministro da Fazenda, que soou compreensivo: “O presidente tem as suas preferências. As pessoas entendem que seria até favorável a mim. (…) É absolutamente normal. O presidente Temer tem as suas preferências e sua dinâmica pessoal. Ele exprime exatamente o que ele prefere do ponto de vista dele''. 

  Mais um pouco e Meirelles faria o sinal da cruz com os dedos, exclamando para Temer: “Vade retro!” Um repórter perguntou a Meirelles se ele está aliviado. “É você quem está falando isso”, balbuciou Meirelles, abrindo um sorriso. Temer havia apoiado o lançamento da candidatura de Meirelles porque queria na campanha alguém que o defendesse dos ataques. Deu errado. A aversão do ex-ministro expõe o tamanho real do presidente. Em final de mandato, as portas já não se abrem automaticamente na frente de Temer. Mas a fuga de Meirelles indica que isso logo deixará de ser um problema.  Temer não precisará que lhe virem a maçaneta. Passará por baixo da porta.

 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP