SOBRE O PROJETO DA INÓCUA LISTAGEM DOS MEDICAMENTOS NO SITE DA PREFEITURA DE VÁRZEA PAULISTA

27/07/2018 09:24

Conforme comentei no Facebook, foi derrubado o veto do prefeito sobre o projeto da lista de medicamentos pela internet...

O projeto em questão diz que é para facilitar a vida da população, indicando em qual UBS encontrar o medicamento que necessita, em uma listagem no site da prefeitura...

Projeto esse, que foi vetado pelo prefeito Juvenal Rossi, e teve seu veto derrubado na última sessão da Câmara, dia 24/07... em minha singela opinião, é um projeto desnecessário para a cidade com o governo que tem...

Primeiro porque uma listagem pra saber aonde tem o remédio, em qual UBS o usuário irá pegar esse remédio, se essa péssima administração junto à péssima gestora de saúde centralizaram a entrega de remédios em poucas UBS?? Nesse caso, se já está centralizado, não há necessidade de fazer buscas no site da prefeitura...

Seria muito mais simples descentralizar e voltar como era antes, cada morador pega seus medicamentos na UBS do seu bairro. Imaginemos um morador da Cidade Nova 2 encontrar seu remédio somente na UBS da vila Marajó... simples o deslocamento né??

No mês seguinte, vai encontrá-lo em outra UBS sabe se lá Deus em qual...

Modestamente falando, acho que o prefeito vetou o projeto não por inconstitucionalidade como alegou, a verdade é que ele vetou porque sabe que o munícipe não irá encontrar nenhum remédio em lugar nenhum... na hora que acessar o site, só aparecerá " NÃO TEM, NÃO TEM, NÃO TEM...ou EM FALTA, EM FALTA, EM FALTA....

E, enquanto os vereadores se preocupam com um projeto em nada ajudará a população,pois a falta de remédios continuara, a gestora de saúde anda saindo dos saltos com as novas denúncias surgindo... e agora encontrou uma pedra no seu sapatinho, um dos conselheiros de saúde que não se curvou a sua arrogância e petulância... a falta de remédios não é o único problema encontrado na gestão de Saúde, que como resposta das mais ignorantes diz que "se não tiver o remédio na UBS é só procurar na farmácia popular"...

E no caso da falta de luvas descartáveis, gases, seringas descartáveis, os funcionários das UBS também devem procurar em outra farmácia?

E como a sessão da Câmara foi basicamente para a saúde, o conselheiro pediu uso da tribuna e fez sua explanação sobre os fatos. O que se espera é que, diante do que foi exposto, os senhores vereadores se posicionem de vez se são do povo ou do governo, afinal não dá pra acreditar que nenhum deles, sabendo do tamanho do problema, não tenha coragem de pedir explicações da gestora como fizeram com outros gestores (tudo bem que não fez diferença alguma, nada mudou). Esperamos que alguém tenha coragem de encara-la ao invés de ficar batendo palminhas como se estivesse à mil maravilhas...

Estamos cansados, de saco cheio de tanta falsidade, tanto morde e assopra...

 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP