V.PTA.: FUNCIONALISMO NO 5º DIA DE GREVE

30/05/2014 09:12

   Ontem, 29/05, de novo não houve acordo entre governo e grevistas após mais uma rodada de negociações, que começou a partir das 13h. No fim da reunião, o comando de greve do sindicato fez a leitura da proposta do governo: 1,5% de reposição da inflação em novembro, mais R$ 200,00 de vale alimentação até fim do ano. Em janeiro seria aplicado mais um reajuste completando os 6,28%, com mais 4,78% restantes da inflação.

  Alguns grevistas entenderam que isso poderia ser interessante porque os salários já ajustados com 1,5% e mais 4,78% seria, em verdade, pouca coisa a mais que os 6,28% aplicados integral, se é que é essa a intenção nessa proposta.

  Feita a Assembleia por volta das 16h, os grevistas recusaram a proposta e optaram por manter a greve.

  Fizeram novamente passeata, indo de novo até o viaduto, em sinal de protesto contra o governo municipal.

  Por outro lado, comentários ponderados de alguns grevistas consideram que um melhor nivelamento dos valores, que propiciassem uma aplicação mais social, e contemplando os que ganham menos, seria provavelmente mais justo e aceitável, tipo quem ganha menos teria maior reajuste, e os que ganham mais menor índice de reajuste.

   Hoje a concentração está programada para iniciar a partir das 11h da manhã, e às 13h o comando da greve estará de novo na mesa das negociações com o governo para nova rodada na tentativa de superação da greve.

 

 

Voltar
Contador de visitas

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP